Terra Brasileira
.Negociante de Fumo
Negociante de fumo
O negociante representado na loja é um português muito gordo, de lenço no pescoço para enxugar o suor que o inunda e servindo com a mesma indolência o forçado e o capitalista.
O negro apoiado no balcão, primeiro da fila, foi encarregado dos negócios dos companheiros e da  contabilidade da missão. Cada uma das latinhas representa uma encomenda. O segundo forçado, em vista do tamanho da corrente, vê-se obrigado a se manter de pé e imóvel, enquanto os demais companheiros, comodamente sentados em seus barris, conversam, oferecendo aos transeuntes trabalhos feitos de chifre de boi e cujo lucro é em grande parte entregue ao negociante de tabaco. Essa necessidade imperiosa de fumar leva os menos hábeis a pedir esmola aos passantes.
O guarda, durante esse momento de descanso, conversa com uma negra vendedora de legumes que carrega o filho à moda africana.
Empregam-se os forçados duas vezes por dia para abastecer de água as fortalezas. 

Registros de Debret - Início do século XIX no Rio de Janeiro.
O Tabaco
Tipos de Fumo
Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil / Jean Baptiste Debret. São Paulo: Círculo do Livro, sem data.